Dias de poeta

Tanta poesia
Com a dor que já senti
No momento é cada um por si
Mas a gente se entendia

Bate as ideias forte
Dá epilepsia
Imediatamente
Seria assim eternamente

Poetas de tanto lugar
Unidos pela dor de estar
A agonia
De ser.

Com vossos poemas posso contar
Para voltar a harmonia
Nos meus dias de poeta
Quando a mente não fica quieta.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s