​Cortesia

Fecho os olhos
Mas vem imagens
Abri eles
Mas não consigo encarar
Criam miragens
No meu pensamento
Sem foco algum
Desespero de existir
O pulmão queima
A cabeça dói
A garganta seca
O humor corrói
Dos olhos escorrem
Lágrimas de gavião
Que observa de longe o passado
E mais chora a cada decepção.

-R.C.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s