Êxito variável

Hoje, rezo para ninguém passar a angústia de olhar uma foto e se arrepender de algo. Pois a foto deixou um bom momento eternizado, e você percebe que perdeu um momento desses, seu pequeno sonho de agora é impossível de se completar.

Rezo para nenhum garoto precisar pensar se envia ou não uma mensagem para uma garota. Para um homem exitar no medo de receber um não como resposta, pois uma dor que nenhum ser humano deveria sentir é o arrependimento pelo que não fez. O não que o homem recebeu pôs um fim, uma definição. Não existe o medo do que poderia ter acontecido, porque aconteceu.Ao garoto enviar a mensagem, ele terá a plena calma por o fazer. Foda-se caso seja uma má decisão. É muito melhor que uma não tomada.

Talvez, ao ficar em uma viagem, mesmo não se conhecendo, um casal adolescente comesse a namorar. Quem sabe inclusive os círculos de amizade se misturem e se mantenham mesmo após o término do colégio e um dia termine. Notou? Existiriam milhares de variáveis. E todas, sem uma decisão, seriam desperdiçadas.

Por isso, deixo claro uma lição de vida de suma importância: não exite. Não se preocupe com o resultado se ele puder ser melhor do que nada. O mundo não foi feito para quem mantém. Mas para quem transforma.

 

Não perca mais textos do Literatura de Metrô! Clique aqui e entre na nossa lista de e-mails!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s